Dicas de Londres

Londres está entre as minhas cidades top 5. Sou completamente suspeita para falar de Londres porque morei lá por um ano e meio então adquiri pela cidade um amor que não cabe em qualquer turista.
Qualquer cidade passa a ser muito mais interessante quando você dedica certo tempo a conhecê-la.

Quando fui pela primeira vez eu já havia me matriculado em uma faculdade, mal falava inglês e não tinha menor vontade de conhecer Londres. Simplesmente não estava nos meus planos. Mas aconteceu. Duas semanas depois eu achei que já havia visto tudo e queria voltar!

Então se seguiram meses em que eu não achava graça em conversar com as pessoas (por causa do inglês), não tinha muita vontade de sair de casa e me dediquei apenas a faculdade de fotografia. Que era uma super paixão então eu me dedicava inteiramente a isso.
Uns 6 meses depois eu me acostumei com o tempo maluco, a comida péssima (é péssima mesmo não tem jeito), e com o jeito das pessoas.

Londres não é para qualquer um.
Então se você está se planejando para ir para lá tenho algumas dicas.

1- nunca visite Londres depois de Paris

Paris é uma cidade super charmosa! Londres também, mas é muito mais urbana, “fria” e cinzenta do que Paris, então depois de ver Paris fica um pouco difícil não comparar.
As pessoas costumam visitar as duas cidades na mesma viagem, então para não passar seus dias desejando ainda estar passeando pelo Rio Sena, vá para Londres primeiro!

2- evite visitar Londres no inverno

Big Ben - frio de maio
Big Ben – frio de maio

O inverno londrino além de ser bem rigoroso tem uma característica que pode acabar com o ânimo de qualquer um.
Os dias amanhecem muito tarde e anoitecem muito cedo.
O que significa que você começará a ver a luz do dia depois das 9 e as 16h já estará anoitecendo. :/
Acredite não é legal! Enquanto no verão os dias são super longos, normalmente até 20h30 / 21h e os londrinos ficam super animados fazendo suas refeições em qualquer lugar que bata sol.
(o inverno deles, tecnicamente dura de novembro a fevereiro, mas pode esperar que esteja frio de setembro a maio.  Junho, julho e agosto são os melhores meses para sua viagem!)

3- faça um esforço para andar de ônibus

O metrô londrino é de dar inveja. São muitas linhas e você pode chegar em qualquer lugar de metrô.
Porém os trens são muito antigos e por isso não são muito bem preparados. São apertados e incrivelmente quentes.
Se for inverno será um inconveniente ter que tirar alguns casacos, colocá-los de volta.. se for verão, bom, aí você vai passar calor mesmo.
Por isso eu sou super a favor dos ônibus. Especialmente para quem vai ficar bastante dias por lá.
O ônibus é mais barato, você tem toda a vista da cidade (que é linda linda linda), não precisa ficar subindo e descendo escadas intermináveis e você se sentirá um pouco mais local.

E descobrir qual ônibus pegar é super fácil.
Sugiro esse site: www.tfl.gov.uk
Digite o endereço de partida e pra onde pretende ir no Journey Planner e ele lhe dirá exatamente o que fazer.

Os pontos de ônibus são sinalizados com letras e possuem uma plaquinha com o nome das próximas paradas. Para que você saiba se está no sentido certo.
E, depois que você embarcar, a maioria dos ônibus tem um letreiro onde aparece o nome da próxima parada!

So easy!!

Ok, talvez você não faça do ônibus o seu principal meio de transporte, mas tente se arriscar e pegar um ônibus de dois andares 🙂

4 – Compre um oyster card

E por falar em transportes, compre um oyster card. O oyster card é um cartão como o nosso bilhete único aqui. Você pode abastecê-lo Pay As You Go colocar quantos pounds você quiser e pagar por cada viagem individualmente OU pagar por dia e usar o metrô e ônibus a vontade. A segunda opção não é barata (aprox. £30 para 7 dias) porém se você for realmente abusar do transporte público e pretende conhecer a cidade inteira eu, pessoalmente, acho que seja a melhor opção. Peça para as zonas 1-2. Que são as zonas que cobrem todas as atrações da cidade.
E quando chegar a hora de você ir embora (sempre sofro nesse momento) devolva o seu oyster card e eles lhe devolverão o dinheiro que você pagou por ele (£5 se não me engano!)

Ah! Informação importante!
Para entrar no metrô bata o oyster na bolinha amarela da catraca para validar e quando for sair bata de novo!!
E nos ônibus a mesma coisa! Entre pela porta da frente, bata e saia pela de trás. Nos ônibus sanfonados com 3 portas, você pode entrar pela porta do meio e sair por ela. Mas é muuuito importante que você não esqueça de validar seu oyster ou pode aparecer um fiscal e te fazer passar vergonha e pagar uma multa (situação que já aconteceu comigo em outra cidade mas fica para um próximo capítulo).
Se o fiscal aparecer, simplesmente entregue seu oyster a ele verá que você pagou.

5 – leve uma blusa impermeável

ou duas, ou três se preferir. No meu caso eu usava blusa, bota e gorro impermeáveis.
Em Londres chove. É um fato.
Por isso esteja preparado. Não chove muito, mas chove pouco por muito tempo.
Guarda-chuvas nem sempre serão seus melhores amigos lá por causa do vento. Depois de quebrar alguns eu decidi que andaria com roupas impermeáveis e pronto, problema resolvido!

Chuva em Londres
Chuva em Londres – sem perder o bom humor!

Estou aqui pensando que devo estar esquecendo várias dicas importantes, então vou parar por aqui e quando lembrar farei uma coletânea de dicas sobre Londres!

😉

Gabi

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s