Dica de Hotel em Amsterdam

Ano passado eu acabei conhecendo, meio que por acidente, um hotel bem pertinho da estação central.

(Pausa na história –
tudo comigo acontece por acidente! Eu havia reservado um hotel online e quando cheguei lá achei o lugar nojento e não tive coragem de entrar.. Quase em prantos expliquei a situação pra minha mãe que achou melhor que nós andássemos um pouco a procura de outro. Para nossa sorte achamos esse hotel praticamente no mesmo quarteirão! Lindo, moderno e quase o mesmo preço do outro. Preferimos pagar a multa pelo cancelamento e trocar de hotel. Infelizmente ás vezes essas coisas acontecem, é bom não perder o bom humor e não deixar que isso estrague a viagem!!!
– voltando para o que realmente importa!)

The Exchange é o nome do hotel.
Os quartos foram todos projetados por estudantes de moda, e cada um segue um tema completamente diferente!
Eu adoro chegar lá e nunca saber o tipo de quarto que vou encontrar. Eles classificam o quarto por número de estrelas, todos são confortáveis, mas alguns são mais apertadinhos do que outros.
E se você quiser reservar um quarto específico, você tem que pagar uma taxa extra.

theexchange4

theexchange3

theexchange7

theexchange8
O hotel não é exatamente no “centro” da cidade, mas a cidade é pequena e bem perto do hotel você encontrará bastante lugares para visitar como por exemplo o Red Light District, aquele  famoso bairro da luz vermelha onde as garotas de programa ficam expostas em vitrines..
(Outra pausa-
se você está indo para lá com seus filhos pequenos e preferia pular essa parte, sem problemas! Porém os holandeses costumam passar com crianças o tempo todo por ali e não enxergam nenhum problema nisso. Eles realmente tem uma mente muito mais aberta do que a nossa!
– voltando..)
Então, a localização tem prós e contras.
Prós: se encontra perto do Red Light,  perto do centro de compras,  relativamente próximo do museu da Anne Frank, muito próximo da estação de trem (o que eu acho ótimo porque sempre chego carregada de malas, e assim chegar e ir não exige nenhum esforço maior ou gastos com taxi..)
Contra: a praça Leidzplein, o museu do Van gogh, o Rijswijk, o Heineken Experience e o Vondelpark são atrações mais distantes.
Falando assim, parece que o hotel está longe de praticamente tudo! Não não não! Nada que uma caminhada, uma bike ou um tram não resolvam.
A bicicleta pode ser alugada (eu não sei andar de bicicleta então para mim não é uma opção), o tram eu particularmente acho caro €2,80  (acho que só vale a pena quando você já esgotou as energias, ou se for muito tarde).

Ande por Amsterdam, porque como eu disse a cidade é pequena, é plana e é uma delícia para passear. Ok, talvez no inverno o tram também seja uma boa opção.
O metrô, sinceramente, eu nunca precisei utilizar.

Mas a verdade é que o hotel é charmoso demais!

Se está interessado em ver coisas diferentes, em dormir em uma cama super deliciosa, vale a pena!
O atendimento é excelente!
theexchange2

theexchange1

Eles também tem uma lanchonete Stock e uma loja Options! ao lado do hotel.

A lanchonete é cara.. a loja também, porém nessa loja você encontrará coisas lindas que não encontrará em nenhum outro lugar!

theexchange6

theexchange5

Ficou curioso?

http://www.hoteltheexchange.com

http://www.hoteltheexchange.com/stock/

http://www.optionsamsterdam.com

No meu Instagram:

foto

Recadinho de parabéns que eu e o Re recebemos pelo casamento!
Recadinho de parabéns que eu e o Re recebemos pelo casamento!

image-1

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s